Peter Pan – J. M. Barrie

Todas as crianças crescem – menos uma.

Originalmente escrito como uma peça teatral (Peter Pan, The Boy Who Wouldn’t Grow Up) que fez grande sucesso em Londres, a história de Peter Pan só se tornou um livro para crianças em 1911.

DSC_0044

Trata-se da história de Peter, um menino que não queria crescer, e suas aventuras junto com os Meninos Perdidos e os irmãos Darling na Terra do Nunca, uma ilha fantástica habitada por índios, piratas, fadas, sereias e repleta da aventuras.

O livro traz uma história adorável, que faz qualquer um sentir vontade de voltar a ser criança, nem que seja apenas para viver uma aventura pequenina na Terra do Nunca na companhia de Peter, Wendy e os Meninos Perdidos. Mas embora seja um clássico infantil, a história não se destina apenas as crianças. Há certos conflitos e críticas que só serão percebidas por leitores mais maduros (principalmente os conflitos vivenciados por Wendy, que por mais que deseja se divertir e deixar seus irmãos contentes, sente que é errado deixar os pais e não voltar pra casa no fim do dia).

O narrador é observador e onisciente, pois ao mesmo tempo em que descreve uma das aventuras de Wendy e seus irmãos na Terra do Nunca, consegue ir até Londres e contar como os pais deles estão se sentindo, e como esperam ansiosos pelo regresso dos filhos. Achei muito divertida a maneira como o narrador foi criado, quase como um personagem que interage com o leitor.

De todos os personagens, meu favorito é com certeza o Capitão Gancho, e tenho que dizer que morri de vontade de ler uma história só sobre ele, sua origem, como chegou até a Terra do Nunca, e como se tornou um pirata.

DSC_0045“(…) Gancho estava profundamente abatido.
Isso acontecia com frequência, quando ele ficava sozinho, apenas em comunhão consigo mesmo, a bordo, na calada da noite. Era porque se sentia tão terrivelmente sozinho. Esse homem inescrutável nunca se sentia mais solitário do que quando estava cercado por seus cães. (…)”

Quanto à edição, está impecável, e me conquistou ainda mais pelas ilustrações apaixonantes (o Fernando Vicente arrasa!). Não resisti e tive que compartilhar uma foto quando estava lendo (aqui), que, claro, não poderia ser outra que não uma que tivesse o Capitão Gancho.

Então, encontro vocês um dia, quem sabe, na Terra do Nunca – segunda à direita, e depois sempre em frente, até de manhã!

Anúncios

Um comentário sobre “Peter Pan – J. M. Barrie

  1. Pingback: Falando sobre livros… | da Carneiro

Deixe aqui um comentário e faça uma pessoa feliz! :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s